Follow:
Compras, Dicas

Shipito – Comprando em lojas que não enviam para o Brasil.

É quase uma sessão de tortura entrar em lojas com preços super amigos, como a Forever 21, passar horas namorando os produtos, e saber que no fim não vai poder levar nada porque tal loja não envia para o Brasil.

E aquela loja, que às vezes é até carinha, mas tem itens tão exclusivos que te faz suspirar, mas no fim…

Analisando por outro lado, é também um tipo de terapia de choque para quem tá querendo aprender a poupar o cartão, né? lol.

Mas se você quer mesmo é comprar, aí vai a dica: Já pensou em “alugar” um endereço nos EUA?

Existem empresas que disponibilizam esse serviço para você, como o Shipito.
Funciona mais ou menos assim: você se cadastra no site, paga um taxa e inicial, e eles te fornecem um endereço nos EUA. Ao efetuar sua compra na loja virtual, você irá preencher com seu endereço americano, e por fim eles encaminham para o seu endereço no Brasil.

Quanto custa?

Você paga a taxa do serviço de $8,50. Paga também o frete para o Brasil, que varia de acordo com tamanho e peso da caixa, e serviço de entrega escolhido (USPS, Fedex, DHL, etc…).

E as taxas brasileiras?

Tenha em mente que sempre que você faz uma encomenda de uma loja internacional, está sujeito a taxas. Mas existem certas técnicas para amenizar as chances de você ser taxado. O Shipito oferece a opção para que você mesmo possa preencher as informações de envio, ou seja, você pode marcar como gift e declarar um valor abaixo de $50 dólares se quiser.

Quando vale a pena?

Vale a pena quando você for comprar bastante coisa. Algumas lojas oferecem frete grátis dentro dos EUA quando você compra acima de determinado valor, o que já é uma economia. Lembre-se que você vai pagar taxas extras, então às vezes o preço no Brasil pode ser mais tentador. Vale a pena mesmo para produtos exclusivos, que você não encontra por aqui e deseja muito, como certos itens da Nordstrom, Forever21, E.L.F, Amazon e etc.

Personal Shopper:

Você dever estar se perguntando: E a Sephora? MAC, Kohl’s, Macy’s? Pois é… senta e chora. rs. Existem certas lojas que não aceitam pagamento com cartão de crédito emitido no Brasil, mesmo que internacional. Para isso, você pode optar pelo serviço de “Personal Shopper”, onde eles compram seu produto e você paga diretamente a eles. Claro que também tem uma taxa! Nunca usei esse serviço, então não posso fornecer detalhes, mas vocês podem dar uma olhadinha no site para mais informações.

Preparadas? Agora é só sacar o cartão e se jogar nas comprinhas!

Share:
Previous Post Next Post

Você também vai gostar:

20 Comments

  • Reply Flavia Fraga

    Ótima dica, Carla. Será q agora vou poder comprar tudo da elf?? Hahaha

    Responder

    julho 22, 2011 at 9:16 pm
  • Reply Bruna Letícia

    oie adorei a dica bjs

    Responder

    julho 22, 2011 at 9:50 pm
  • Reply Simone (Totalmente Exagerada!)

    Bem que vocês falaram que iam fazer esse post!!!
    Muito bom!!

    Beijos.

    Responder

    julho 22, 2011 at 10:11 pm
  • Reply Ray*

    Interessante sua dica, mas acho q não vale muito a pena não. Custeio.
    Beijos e bom fim de semana

    Responder

    julho 22, 2011 at 10:33 pm
  • Reply Camila Mancilha

    tem sorteio de um colar maison jolie la no blog, participe!

    http://universofemiiniino.blogspot.com/2011/07/sorteio-maison-jolie.html

    Responder

    julho 22, 2011 at 11:59 pm
  • Reply Luana

    Oi Carlinha! super explicativo o post! Adorei a dica, vale conferir o site! beijos!

    Responder

    julho 23, 2011 at 1:06 am
  • Reply (¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯)

    A dica é ótima, tentadora, mas … pra mim que vivo estourando meu cartão por aqui mesmo, já imaginou com essas possibilidades?! rsrsr
    BjoBjo;)

    Responder

    julho 23, 2011 at 5:46 am
  • Reply Kammy

    adorei as dicas ca

    vou tentar um dia rss

    mil beijinhos
    kammy

    Responder

    julho 23, 2011 at 2:57 pm
  • Reply Milca Alves =)

    Arriscado e trabalhoso. Nao tenho tanta paciência para isso. Prefiro esperar chegar aqui ou me virar com os que já estão por perto. Nada é insubistituivel.

    Responder

    julho 23, 2011 at 8:18 pm
  • Reply Luma Barreto

    UAU!
    É uma gradnde dica essa, pq realmente dá um desânimo entrar nessas lojas e ver que não entregam no brasil! =/

    beijos

    Responder

    julho 23, 2011 at 11:53 pm
  • Reply Lalli Carvalho

    Gente, eu não sabia disso! Legal que você ter publicado isso aqui. Diquinha de ouro, amiga.
    xxxxxxxxxxx

    Responder

    julho 24, 2011 at 6:45 pm
  • Reply empreendedorabela

    Já aconteceu cmg de olhar sites que não enviam para o Brasil. Fiquei triste porque eu estava tão empolgada. As suas dicas de como comprar em sites que não fazem entrega no Brasil são mtas boas, agora temos um jeito de conseguir comprar algo que qremos de tão longe. Um abraço.

    Nadia Oliveira
    http://empreendedorabela.wordpress.com
    @naddyasantana

    Responder

    julho 24, 2011 at 8:22 pm
  • Reply Nanna Barbieri

    Carliiinha, como você é má!!!
    Agora que meu cartão vai pro saco… hahaha
    Beijos

    Responder

    julho 25, 2011 at 3:13 am
  • Reply Carol Barboza

    Oi Carlinha! Aiiin como a gente sofre né… bom mesmo é fazer uma viagem internacional e se jogar nas compras… hehe =) mas gostei da dica!
    Beijo e ótima semana pra vc

    Responder

    julho 25, 2011 at 2:44 pm
  • Reply naomemandeflores

    Será que funciona? A ideia é ótima mesmo. Mas não sei se é uma boa ideia para o meu bolso! Rs…


    Camila Faria

    Responder

    julho 25, 2011 at 10:19 pm
  • Reply Renata

    Interessante esse tipos de serviço!!!
    Quem sabe um dia!!!
    Bjos

    Responder

    julho 26, 2011 at 8:38 pm
  • Reply Karine NTF

    AIN
    MORRO DE MEDO RSRS
    🙂

    Responder

    julho 28, 2011 at 8:08 pm
  • Reply Fabrício MG

    Shipito funciona é muito bem ,já uso a mais de um ano mais dicas em http://www.compranoexterior.com.br

    Responder

    fevereiro 17, 2012 at 4:06 pm
  • Reply Matheus Chaud

    Shipito: Relato de uma experiência

    Costumo fazer compras no site da Amazon e no Ebay. Para importações, fiquei sabendo da opção de usar serviços de encaminhamento de encomendas, pois em muitos casos seria mais vantajoso. Pesquisando na internet, o serviço mais comentado parece ser o Shipito, então decidi arriscar e contratar esse serviço.
    Comprei um brinquedo de US$ 70 para meu filho que, no Brasil, custa quase R$ 800. Encomendei no site da Amazon e, se eu fosse mandar da Amazon diretamente para o Brasil, o envio ficaria em US$ 55, mais as taxas de importação US$ 120.
    Achei meio caro pagar US$ 55 de frete dos EUA para o Brasil e, como a promessa do Shipito era exatamente economizar no frete durante importações, resolvi experimentar o serviço deles.
    Pedi para a Amazon enviar meu produto para o endereço nos EUA fornecido pela Shipito (a Amazon mandou com frete grátis). O produto chegou corretamente no endereço do Shipito, e aí fui ver as opções de envio que eles me forneceram. Para meu espanto, a forma mais barata de envio que a Shipito me ofereceu ficava em US$ 160 (quase TRÊS VEZES o valor do frete que a Amazon me cobraria). Se o produto parar na alfândega, provavelmente vai sair mais caro do que comprar aqui no Brasil. Um verdadeiro absurdo!
    O pessoal da Shipito me disse que o valor elevado do frete é por causa das dimensões do produto (61×56×20 cm), mas o engraçado é que ninguém avisa nada disso antes da contratação do serviço. Além dos US$ 160 do frete cobrado pela Shipito, eu tenho que pagar ainda as taxas do serviço em si. Ou seja, o negócio vai sair bem mais caro do que comprando direto pelo site da Amazon.
    Portanto, tomem muito cuidado com a Shipito. Pode ser que saia mais barato? Sim, pode. Mas pode ser que saia BEEEEEM mais caro, que foi o meu caso. De US$ 55 (frete Amazon) para US$ 160 (frete Shipito), a diferença é absurda e bem difícil de justificar. Portanto, não é essa maravilha toda que alguns prometem.
    E tomem cuidado porque há muitos sites falando bem da Shipito, sendo que na verdade são os chamados sites afiliados. Em outras palavras, eles recebem dinheiro da Shipito para captar clientes (duvidam? É só acessar http://www.shipito.com/shipito-affiliates). Então é óbvio que, nesse tipo de site as palavras vão ser as mais generosas, chegando ao ponto de fazerem propaganda enganosa (que foi onde eu caí). Logo, todo cuidado é pouco.
    Pesquisem sobre a Shipito em fóruns verdadeiros, com usuários reais, e não em qualquer site que só está pensando em faturar!! E não criem expectativas irreais, pois pode ser que vocês tenham prejuízo em vez de lucro, que foi o meu caso.

    Responder

    Carla, respondeu:

    novembro 10th, 2014 @ 7:50 pm

    Oi Matheus. Poxa, que pena que você teve uma má experiência com o shipito. Eu já adianto que não tenho nenhuma relação com a empresa (nem de afiliado), e que o post aqui foi realizado de acordo com as minhas experiências, assim como vc relatou a sua. No caso, o valor do serviço de envio é sim de acordo com peso e dimensões do produto, eu mesmo falo isso neste post, dê uma lida com atenção acima. Faz tempo que não uso o serviço, mas quando usava mais frequentemente eles traziam sim essa informação no site, inclusive com um espaço para vc simular o frete. Mas como disse, faz tempo que não uso e não sei como está hoje em dia.
    Mas fica registrado o seu relato para que possa servir como um alerta para futuros compradores, afinal, como você disse, é sempre bom pesquisar bem antes.

    Responder

    novembro 9, 2014 at 11:11 pm
  • Leave a Reply