5 Erros Que Deixam Uma Viagem ao Exterior Mais Cara

5 Erros Que Deixam Uma Viagem ao Exterior Mais Cara

Geralmente, uma viagem ao exterior é um tipo de atividade que requer um orçamento considerável.

Afinal de contas, há diversos custos envolvidos, fora que, parte deles são em uma outra moeda, como o dólar, o euro, o peso ou a libra.

E se não bastasse isso, ainda há alguns erros que podem encarecer ainda mais esse tipo de viagem…

Por isso, para você não cometê-los, nós separamos no artigo de hoje quais são esses principais erros referentes a uma viagem ao exterior e o que você deve fazer para que eles não afetem a sua viagem. Veja!

Viagem ao exterior: principais erros que a deixam mais cara

1. Não estabelecer um orçamento adequado

Primeiro de tudo: se você quer que a sua viagem ao exterior seja proveitosa, divertida e sem “perrengues financeiros”, você precisa estabelecer um orçamento adequado para ela.

Então, antes de sair comprando ou reservando coisas para sua viagem, separe um papel, baixe um aplicativo no seu celular ou utilize uma planilha em seu computador para anotar todos os gastos referentes à viagem.

Isso porque, você precisa ter uma noção clara e realista de quanto precisará desembolsar para fazer a viagem.

Por exemplo, quanto você gastará com as passagens? Hospedagem? Alimentação? Transporte? Passeios? Compras? Seguro viagem? Tudo isso precisa estar bem alinhado.

Assim, você conseguirá visualizar melhor quanto dinheiro precisará investir.

Agora, se você não fizer isso, você não conseguirá se organizar tão bem e nem ter um controle adequado relacionado a parte financeira da sua viagem e isso, claro, pode gerar prejuízos e gastos além do esperado – coisa que você não quer, certo?

2. Deixar tudo para a última hora

Se você não quer pagar mais caro em sua viagem ao exterior, você, definitivamente, precisa planejar tudo com antecedência.

Afinal, se você deixar para comprar as passagens aéreas de última hora e deixar para reservar a hospedagem próximo do dia que for viajar, por exemplo, é bem provável que você pague mais caro.

Portanto, procure fazer tudo com antecedência, desde emitir a documentação necessária (passaporte, visto, etc.) até comprar as passagens, fazer reservas e assim por diante. Tenha o tempo a seu favor.

3. Não contratar um seguro viagem

O seguro viagem é um item de suma importância para contratar antes de viajar e, inclusive, é obrigatório em diversos destinos internacionais, como Alemanha, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Portugal e Suécia.

Porém, mesmo assim, ainda há muitas pessoas que pensam “eu me cuido”, “não vai acontecer nada comigo” e, por isso, acabam não contratando este item bastante importante – o que é um erro, pois pode tornar a viagem ao exterior muito mais cara.

E sabe por quê? Porque problemas, acidentes e imprevistos podem acontecer. Por exemplo, você pode se machucar, ser assaltado, precisar de atendimento médico, etc.

Obviamente, ninguém espera passar por tais situações, mas e se alguma delas acontecer? Você precisa estar preparado, certo? 

Portanto, contrate um bom seguro viagem, pois, caso você não faça isso e precise, por exemplo, de uma assistência médica, você é quem terá que arcar com os custos, você é quem terá que pagar as consultas e os exames (e, geralmente, eles não são nada baratos).

4. Utilizar o cartão de crédito de maneira exagerada

Quando você faz uma viagem ao exterior, você precisa de uma determinada moeda estrangeira para poder fazer compras e pagamentos no destino.

Porém, um erro que diversas pessoas cometem e que encare a viagem, é utilizar o cartão de crédito (exageradamente).

É claro que uma vez ou outra, ou em situações de emergência, você pode utilizá-lo. No entanto, ele não deve ser a sua principal forma de pagamento no exterior.

E sabe por quê? Porque há um IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% cada vez que você utiliza o cartão de crédito no exterior, fora a variação cambial.

Portanto, se você não quer ter gastos além do esperado em sua viagem ao exterior, procure adquirir uma boa quantia em espécie da moeda estrangeira. Você pode fazer isso em uma casa de câmbios ou em seu banco.

Dessa forma, você não terá um gasto tão elevado quanto no cartão de crédito, visto que há menos impostos e taxas.

5. Não pesquisar

Todo destino no exterior, assim como aqui no Brasil, possui lugares que são mais caros e lugares que são mais baratos. E como você descobre isso? Claro, pesquisando!

Portanto, o quinto e último erro que você não deve cometer em sua viagem ao exterior, é não fazer pesquisas.

Afinal, como você saberá onde ficam os lugares mais em conta para comer? Onde ficam as regiões mais baratas para fazer compras? Quais os meios de transporte que possuem um melhor custo-benefício?

Todas essas informações precisam estar incluídas em suas pesquisas. Quanto mais você pesquisar sobre o destino, mais preparado você chegará nele e claro, mais chances terá de economizar!

Então, durante o seu planejamento, pesquise bastante, faça comparações de preços, leia comentários/dicas de outras pessoas na internet e veja no que você pode gastar menos.

Uma viagem ao exterior não precisa ser, necessariamente, cara. Basta pesquisar bastante e não cometer esses erros que apresentamos para você no artigo de hoje!

Voltar ao Topo