Carboxiterapia – Vale realmente a pena?

O que é Carboxiterapia?

Um tratamento de carboxiterapia infunde gás dióxido de carbono sob a pele para aumentar a circulação sanguínea e estimular a produção de novo colágeno.

Pode ser realizado em qualquer parte do corpo, incluindo o rosto, pescoço, braços, estômago, nádegas e pernas.

O tratamento carboxiterapia geralmente visa reduzir os depósitos de gordura, bem como o aparecimento de celulite, estrias, cicatrizes de acne, linhas finas e rugas.

O gás dióxido de carbono pode até ser injetado em áreas delicadas ou de pele fina; carboxiterapia sob os olhos é frequentemente realizada, para tratar olheiras.

Acredita-se que tenha benefícios de rejuvenescimento da pele, estimulando um aumento na produção de colágeno que melhora a elasticidade e firmeza da pele. Também é usado para tratar alopecia (queda de cabelo) e disfunção erétil.

Esse procedimento se originou na França em 1932 e é popular internacionalmente, mas a terapia com dióxido de carbono ainda é relativamente nova nos EUA. Como os estudos clínicos permanecem limitados, ainda não foi aprovado pela FDA.

Os médicos do RealSelf recomendam uma série inicial de 10 ou mais tratamentos para obter os melhores resultados, com acompanhamentos a cada seis meses depois disso.

Como funciona a carboxiterapia?

Quando o gás dióxido de carbono é injetado no tecido subcutâneo abaixo da pele, dilata os vasos sanguíneos, o que aumenta a circulação e o fluxo de oxigênio para os tecidos.

O tratamento às vezes é apontado como uma alternativa não cirúrgica à lipoaspiração para redução de gordura.

Acredita-se que o tratamento encolha as células de gordura (possivelmente danificando a parede celular, que pode liberar os triglicerídeos no interior), mas não as mata e elimina, para que possam se expandir novamente com o tempo.

O primeiro ensaio clínico randomizado, realizado em 2018, descobriu que os resultados de redução de gordura não eram mais visíveis após 28 semanas.

Um pequeno estudo piloto que consistia em oito sessões semanais de carboxiterapia para redução da celulite achou útil.

No entanto, o Dr. Marcos Youssef, médico em São Paulo, disse em uma sessão de perguntas e respostas em seu consultório que “muitos pacientes precisam de mais de oito tratamentos, especialmente para celulite teimosa”, juntamente com tratamentos regulares de acompanhamento para manter os resultados.

Outros tratamentos para celulite, como o recém-aprovado Qwo injetável nos USA, têm uma ciência mais sólida para respaldar as alegações de resultados.

Minimizar as olheiras é uma das aplicações mais comuns da carboxiterapia, especialmente porque a má circulação (que cria acúmulo vascular) é um de seus principais contribuintes.

“A falta de oxigenação adequada da pele da pálpebra inferior permite que o tom azulado apareça através da pele fina”, criando a aparência de olheiras, explica o Dr. Klaus, cirurgião plástico.

“Ao injetar uma pequena quantidade de gás dióxido de carbono nas áreas afetadas, o fluxo sanguíneo é aumentado e redes capilares aprimoradas são formadas, para benefício circulatório mais duradouro”.

explica o cirurgião

No entanto, se suas olheiras são devido à perda de gordura que cria cavidades, a terapia com dióxido de carbono não será tão eficaz quanto os preenchimentos dérmicos ou a transferência de gordura.

A carboxiterapia para estrias e cicatrizes funciona estimulando a cura. “Ele reinicia o processo de cicatrização e restaura a circulação do tecido cicatrizado para dar a melhor chance de cura”, diz o médico da cidade de Nova York, Dr. James, em uma sessão de perguntas e respostas.

Alguns médicos dizem que a combinação de carboxiterapia com injeções de plasma rico em plaquetas (PRP) e microagulhamento (também conhecido como terapia de indução de colágeno) pode melhorar os resultados.

O que acontece durante um tratamento de carboxiterapia?

O tratamento carboxiterapia geralmente leva apenas 15 a 30 minutos. Seu médico terá um tanque de dióxido de carbono que conduz o gás para uma pequena agulha, através de um tubo estéril.

Se você está ansiosa com agulhas ou é sensível à dor, seu médico pode aplicar um creme anestésico na pele para que você não sinta tanto as injeções.

Eles então inserem a agulha sob a pele, no tecido subcutâneo, e injetam uma pequena quantidade de gás dióxido de carbono. Você pode sentir um pouco de pressão à medida que se expande sob sua pele, e alguns pacientes também relatam desconforto durante a injeção; e um até achou o tratamento “intensamente doloroso”.

Apenas efeitos colaterais menores foram relatados: alguns hematomas, inchaço e desconforto nos locais de injeção que duram de um a cinco dias.

Mas não há tempo de inatividade e você deve poder retornar às suas atividades normais imediatamente.

A carboxiterapia é segura?

Os médicos que oferecem carboxiterapia dizem que é seguro, com apenas pequenos efeitos colaterais e sem tempo de inatividade. Dito isto, não há estudos clínicos suficientes examinando sua segurança e eficácia para determinar definitivamente o quão seguro é ao longo do tempo.

Para garantir que você está sendo tratado adequadamente, encontre um médico certificado pelo conselho que tenha anos de experiência em realizar o procedimento com segurança.

Prós

  • O dióxido de carbono ocorre naturalmente no corpo e a carboxiterapia depende da circulação sanguínea do próprio corpo para aumentar o oxigênio nas áreas tratadas.
  • O tratamento é rápido e minimamente invasivo, sem tempo de inatividade. A carboxiterapia tem como alvo algumas das preocupações mais teimosas da dermatologia – olheiras, estrias e celulite.

Leia também: Tratamento para Estrias

Contras

  • Uma série de tratamentos (geralmente 10 ou mais, uma ou duas vezes por semana) são recomendados para resultados significativos; isso pode ser inconveniente e caro.
  • Os resultados não são permanentes; espere retornar para tratamentos de manutenção a cada seis meses.
  • O estudo da carboxiterapia nos EUA tem sido limitado, com poucos ensaios clínicos atestando sua eficácia, ou mesmo explicando completamente como o tratamento funciona.

Quanto tempo dura o tratamento com carboxi?

Os resultados da carboxiterapia duram cerca de seis meses antes de você precisar retornar para tratamentos de manutenção.

Gostou das nossas dicas de saúde e Beleza?

Compartilhe com suas as amigas nas redes sociais!

Compartilhe nas redes sociais :)