Como manter seu cabelo bonito e saudável sem precisar ir ao salão?

Cuidar dos cabelos em tempos de Pandemia requer um pouco de jogo de cintura e muitos truques caseiros

O cuidado adequado do cabelo e do couro cabeludo é um componente importante da saúde e da beleza.

Mas, exige regularidade e seleção competente de produtos de higiene, cosméticos de cuidado, tintas, etc., porque um cabelo bonito e saudável não é apenas parte da imagem, mas também um indicador do estado de todo o organismo.

Confira algumas dicas valiosas para manter o seu cabelo saudável

Em primeiro lugar, você precisa determinar corretamente o seu tipo de cabelo.

Há quatro deles:

  • Tipo normal – caracteriza-se por um brilho saudável, apenas leves danos nas pontas são possíveis, após a lavagem o cabelo permanece fresco por 2 a 3 dias.
  • Tipo seco – cabelo opaco e de crescimento lento. Basta lavar uma vez por semana, o cabelo não fica oleoso na raiz.
  • Tipo oleoso – para manter a aparência fresca, os cabelos devem ser lavados quase todos os dias.

E, por fim, cabelos mistos, o tipo de cabelo mais comum que precisa de cuidados adequados e regulares.

Primeiros passos

O primeiro passo é selecionar um shampoo para o seu tipo de cabelo. É importante ler a sua composição na embalagem, podendo escolher um produto individual até no supermercado mais próximo, não recorrendo necessariamente a marcas profissionais ou de luxo.

  • Para cabelos normais, um shampoo com um pH de 5 a 7 é adequado, existem muitos deles.
  • Para cabelos secos, porosos, coloridos, um shampoo sem sulfato, nutritivo ou hidratante, com óleos é adequado.
  • Para cabelos oleosos e mistos, shampoos contendo extratos de plantas são adequados: camomila, salva, bétula, que têm um efeito secante.

Muitas pessoas lavam o cabelo incorretamente – apenas uma vez, aplicando shampoo.

E você precisa lavar o cabelo em 2 etapas: ensaboar, ensaboar e enxaguar, depois aplicar novamente o shampoo, massagear o couro cabeludo com movimentos suaves por 3-5 minutos, enxaguar e depois aplicar um bálsamo, máscara ou soro capilar.

Para cabelos porosos – secos e coloridos (se você entrou na moda do cabelo roxo) – esta é uma etapa obrigatória.

Máscaras contendo argila, vitaminas A e C são adequadas para cabelos oleosos. Além disso, você precisa estar atento à sua dieta – coma menos frituras, temperos, salgados, beba mais água.

Máscaras capilares estão disponíveis para todos os tipos de cabelo. Este procedimento regular ajuda a restaurar o colágeno neles.

Mas, ao escolher uma máscara pronta ou ao fazer uma máscara em casa, também é necessário levar em consideração o tipo de cabelo, caso contrário o efeito pode ser o contrário.

Para manter a beleza do cabelo normal, basta aplicar a máscara 2 a 3 vezes ao mês. Para curar os bulbos dos cabelos secos e oleosos, restaurar o brilho, é necessária uma exposição mais intensa – uma vez a cada 5 dias.

É importante escolher a receita certa e fazer o procedimento com esta máscara particular, sem alterar sua composição por pelo menos um mês.

Existem muitas receitas para máscaras caseiras: ovo, aveia, azeite, etc. Cada um tem seu próprio segredo de aplicação, alguns precisam ser aplicados para limpar o cabelo, outros para cabelos não lavados, alguns são aplicados para úmidos, outros para secar, etc.

Cuidado diário do cabelo

Mesmo o cabelo naturalmente espesso e forte precisa de cuidados diários de alta qualidade. E se o seu cabelo for fraco, fino, seco ou, ao contrário, oleoso, os produtos para o cabelo devem ser escolhidos com especial cuidado.

Limpeza

 É muito importante usar um shampoo adequado ao seu tipo de cabelo. Mas há uma complicação aqui. A condição do cabelo muda dependendo da dieta, saúde, idade, clima e muitos outros fatores. E se aos 18 anos você usou shampoo para cabelos oleosos, isso não significa que aos 35 ainda seja adequado para você.

Além disso, no verão o couro cabeludo pode ser oleoso ou normal e, no inverno, as mudanças de temperatura e o aquecimento o secarão.

É por isso que você não deve se limitar a uma única opção: escolha um shampoo de acordo com a condição do seu cabelo no momento. Lembre-se de que as pontas do cabelo estão quase sempre secas, portanto, ao escolher um shampoo, leve em consideração o estado do couro cabeludo e da raiz do cabelo.

Cuidados especiais

O condicionador faz parte dos cuidados básicos com os cabelos, mas não substitui as máscaras e os óleos. Esses produtos destinam-se ao cuidado mais intensivo de cabelos danificados. É aconselhável usar máscaras no máximo uma vez por semana, caso contrário o cabelo suja muito rapidamente e perde volume.

Os especialistas aconselham não usar várias máscaras em paralelo, mas aplicar uma máscara em um curso de um a três meses: assim você consegue um efeito cumulativo, e o risco de sobrecarregar o cabelo com nutrientes será mínimo.

Os componentes mais comuns das máscaras são os óleos naturais (karité, oliva, óleo de macadâmia, óleo de coco) e queratina hidrolisada, que repara os danos à haste do cabelo. Eles criam na superfície do cabelo a película mais fina que retém a umidade, assim como o pantenol.

Vitaminas e cuidados adicionais

O tratamento acima será suficiente para um cabelo saudável, mas é improvável que esses produtos melhorem significativamente a situação se o cabelo cair ou crescer muito lentamente.

Os cosméticos aplicados no comprimento do cabelo podem melhorar a aparência do cabelo. Mas esse cuidado praticamente não tem efeito sobre os folículos e, afinal, tanto a densidade quanto a taxa de crescimento do cabelo dependem de sua saúde e atividade.

A maneira mais fácil de melhorar a condição de cabelos finos e fracos é massagear a cabeça. Pode ser realizado de forma independente com escova arredondadas e no salão por profissionais. A massagem melhora a circulação sanguínea e promove uma melhor nutrição dos folículos capilares.

Para melhorar o fluxo sanguíneo e a nutrição do couro cabeludo, os cuidados com a ampola também são perfeitos.

Os produtos aplicados no couro cabeludo para acelerar o crescimento do cabelo contêm vitaminas e minerais, bem como ingredientes aquecedores, como gengibre ou extrato de pimenta. Esses produtos funcionarão melhor se você primeiro esfoliar o couro cabeludo com um esfoliante especial.

Como estão as suas vitaminas?

Mas, para um cuidado mais eficaz, as vitaminas são mais bem aplicadas não externamente, mas internamente.

A falta de vitaminas na dieta muitas vezes leva a problemas de cabelo. Pode ser reabastecido tomando vitaminas especializadas e complexos minerais. Eles podem ajudar a acelerar o crescimento do cabelo e reduzir a queda de cabelo.

Siga essas dicas e verá uma melhora significativa nos cuidados com o seu cabelo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *