Como Planejar Uma Viagem Internacional de Forma Prática

Para muitas pessoas, o planejamento de uma viagem internacional pode parecer algo complicado ou até mesmo chato de se fazer. 

Porém, para que o passeio no exterior seja o mais agradável e proveitoso possível, é de suma importância realizá-lo – e de preferência, com uma boa antecedência.

Isso porque, ao fazer esse planejamento, a viagem internacional torna-se muito mais tranquila e organizada, e os riscos de ter problemas ou de passar perrengues em outro país são diminuídos.

Portanto, se você quer que a sua viagem internacional seja a melhor possível, veja a seguir como planejá-la de forma prática e sem complicações.

Viagem internacional: como planejá-la de forma fácil e prática

Orçamento + destino

Para começar a planejar a sua viagem internacional, existem dois aspectos cruciais para você levar em consideração: o orçamento que você tem disponível e a escolha do destino que você irá.

Afinal de contas, você precisa escolher um destino que esteja de acordo com o seu perfil e que não ultrapasse o seu orçamento.

Portanto, ao planejar a sua viagem internacional, considere o orçamento que você tem disponível para realizá-la e escolha um destino que caiba no seu bolso.

E, caso você queira ir para um destino que esteja acima do seu orçamento, encontre maneiras de economizar e/ou adie em alguns meses a sua viagem, até que você tenha o dinheiro disponível.

É importante ter em mente que uma viagem internacional é algo para ser proveitoso, divertido e relaxante, e não algo que vai te gerar dor de cabeça e problemas financeiros.

Documentos

Após escolher um destino levando em conta o seu orçamento, é hora de resolver uma parte mais burocrática: a da documentação.

Isso porque, não dá para você viajar para o exterior apenas com seu RG ou CPF (a não ser que você viaje para algum país da América do Sul).

Agora, se você pretende viajar para a Europa, Oceania ou qualquer outro continente, você precisará de um passaporte válido, afinal, ele será o seu documento de identificação.

Porém, não para por aí, pois, dependendo do destino e do que você pretende fazer nele, talvez você precise de outros documentos.

Por exemplo, certos destinos internacionais, além do passaporte, exigem um visto válido dos viajantes. Além disso, se você pretende dirigir no país, talvez você precise da PID – Permissão Internacional para Dirigir.

Por isso, quando for planejar a sua viagem internacional, verifique com antecedência quais documentos você precisará e, caso você não tenha algum deles, procure emiti-los o quanto antes. 

De forma alguma deixe isso para última hora.

Vacinas

Além da documentação, outro item que você precisa se atentar referente a sua viagem internacional são as vacinas.

Isso porque, diversos destinos no exterior exigem que viajantes tenham tomado algum tipo específico de vacina – a mais comum é contra febre amarela, porém, claro, não é a única.

Portanto, durante o seu planejamento, verifique se o destino que você irá, exige algum tipo de vacina para poder entrar.

Passagem aérea

Após escolher o destino e verificar quais documentos e vacinas você precisa para a sua viagem, é hora de começar a pesquisar pela passagem aérea, afinal, você precisará dela para poder embarcar no aeroporto e partir rumo ao seu destino. 

E para isso, além de pesquisar com antecedência, vale a pena utilizar sites como Decolar, Kayak, Skyscanner, 123milhas, entre outros.

Isso porque, esses sites mostram preços de passagens, divulgam ofertas, promoções e cupons, e ajudam você a conseguir o melhor preço pela passagem aérea.

Seguro viagem

Mesmo que você faça um excelente planejamento, com antecedência e pensando em cada detalhe da viagem, problemas e imprevistos podem acontecer.

Por isso, para estar preparado e não ter dor de cabeça depois em caso de uma eventualidade, é de suma importância que você contrate um bom seguro viagem antes de sair do país.

E para isso, faça pesquisas, avalie os preços e coberturas que cada seguro oferece, e contrate aquele que melhor lhe atenda para que a sua viagem seja mais tranquila e segura.

Acomodação

Antes de fazer a sua viagem internacional, outro item que você precisa se atentar durante o planejamento é a escolha da acomodação, afinal, onde você vai ficar quando estiver no exterior? Em um hotel? Em uma pousada? Em um resort? Em um hostel? Em um Airbnb?

Hoje, existem diversos tipos de hospedagem para você ficar e cada um deles possui certas vantagens e desvantagens.

Por isso, vale a pena pesquisar sobre cada um e analisar o que pessoas que já ficaram nas acomodações têm a dizer. 

E, obviamente que se uma hospedagem tiver avaliações negativas e muitas reclamações, é um sinal que você deve evitá-la. 

Escolha uma acomodação que seja boa, segura e não tão cara, até porque, a maior parte do tempo você estará na rua, passeando e visitando lugares. Ou seja, ao longo dos dias você mal ficará na hospedagem.

Dinheiro (moeda local)

Qual é a moeda utilizada no destino que você quer ir? Euro? Dólar? Peso? Libra? Ou outra?

Saber qual é a moeda utilizada no local e comprá-la com antecedência, são ações de suma importância que você deve ter durante o seu planejamento.

Isso porque, você vai precisar da moeda estrangeira para utilizar no destino. Sem ela, como você vai comprar ou pagar algo?

Portanto, meses antes de viajar, vá acompanhando o câmbio referente a moeda utilizada no país que você irá e compre-a aos poucos, de modo a aproveitar as baixas da moeda.

Como o câmbio oscila, você pode conseguir preços melhores pela moeda.

E, além de levar dinheiro em espécie, vale a pena levar um cartão também. É sempre bom ter pelo menos dois meios para realizar pagamentos.

Roteiro

Sempre que escolhemos um destino, nós já temos em mente alguns passeios para fazer e alguns lugares para conhecer, não é verdade? Porém, não se limite a isso.

Faça pesquisas na internet, veja sites e blogs, além de vídeos no YouTube, e descubra quais são as regiões, atrações e pontos turísticos imperdíveis para você conhecer no destino.

E claro, a partir disso, monte o seu roteiro. Assim, ao chegar no país, você já saberá onde ir, como ir e quando ir, tornando a sua viagem internacional muito mais organizada, proveitosa e agradável.

Só tenha cuidado para não exagerar, isto é, colocar diversas atrações e passeios para fazer por dia. Seja realista, monte um roteiro que você consiga seguir.

Bagagem

Quando estiver chegando o dia da sua viagem, pesquise na internet como estará o clima no destino durante os dias que você estiver lá.

Isso porque, a partir desta informação, você poderá montar a sua bagagem.

E sabe por que você deve fazer isso? Porque assim você consegue ter escolhas mais objetivas e assertivas referente as roupas, peças, acessórios, entre outros itens que levará em sua bagagem.

A maioria dos viajantes que não faz isso, acaba exagerando e levando muito mais que o necessário na bagagem.

Portanto, se você quer que a sua bagagem seja montada da melhor maneira possível, sem exageros e com algum espaço para as comprinhas da volta, olhe o clima que estará no destino e monte-a de acordo com isso.

Estacionamento

Para finalizar, separamos uma dica referente ao dia da sua viagem internacional. 

Se você pretende ir com seu carro até o aeroporto, é importante que, com uma certa antecedência, você reserve uma vaga em um estacionamento para deixar o seu veículo.

Porém, em vez de deixá-lo no estacionamento oficial do aeroporto, procure uma opção próxima dele. 

E sabe por quê? Porque assim você consegue uma boa economia em relação às diárias e claro, mantém o veículo seguro enquanto estiver fora.

Portanto, se você é de São Paulo, por exemplo, pesquise durante o seu planejamento por um estacionamento próximo aeroporto Guarulhos.

Dessa forma, você deixará o seu carro seguro enquanto viaja e não gastará “rios de dinheiro” com as diárias. 

E, dependendo da economia que você tiver, você pode aproveitar esse dinheiro para utilizar no destino! O que não é nada mal, não é verdade?