Depilação a laser: tudo o que você precisa saber!

Depilação a laser: tudo o que você precisa saber!

Dermatologista esclarece as principais dúvidas sobre o procedimento

Primavera chegou! E já começamos a tirar do armário vestidos, shorts e regatas para curtir o clima da estação. Com isso, a busca por procedimentos estéticos aumenta, principalmente para deixar a pele sem pelos e lisinha.

A depilação a laser é uma técnica cada vez mais buscada, porém ainda gera muitas dúvidas. Por isso, o Dr. José Roberto Fraga Filho, dermatologista membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, e Diretor Clínico da clínica Dermagynus, selecionou as principais perguntas para quem quer aproveitar os benefícios do procedimento:

A depilação a laser é definitiva

Antigamente usava-se este termo, hoje o mais correto é depilação prolongada, pois nunca conseguimos acabar totalmente com os pelos.

Toda depilação que usa luz é laser

Não, existem várias tecnologias que fazem a depilação como a Luz pulsada, o Laser propriamente dito e a fotodepilação sendo que esse último é o menos efetivo.

Áreas com tatuagens não podem ser depiladas a laser

Não usamos o laser em cima da tatuagem, pois o laser é energia e ao encontrar o pigmento da tatuagem pode levar a queimaduras.

A depilação não funciona em pelos loiros ou brancos

Pelos loiros e finos são mais difíceis, porém máquinas mais modernas conseguem agir no mesmo. Já os pelos brancos não existe nenhuma máquina até o momento que consiga fazer a depilação.

Pessoas de pele morena e negra não podem utilizar a depilação a laser

No início do uso das máquinas de depilação isso era verdadeiro, hoje com máquinas mais modernas como o laser Vectus pode-se fazer também em peles negras sim.

Não se pode fazer depilação a laser no verão

Não é o verão o problema, mas sim que como moramos num país tropical com a tradição de frequentar as praias de forma mais intensa nesse período, a pele fica mais bronzeada e isso prejudica o tratamento a laser.

Grávidas não podem fazer depilação a laser

Não existe nenhum estudo que mostre a ação do laser de depilação na gestação, por isso é consenso mundial não se fazer.

A depilação a laser é mais dolorida que a depilação a cera

A dor é algo muito subjetivo, no laser ela ocorre em áreas mais escuras e áreas com muitos pelos, mesmo assim a dor é menor do que o uso de cera.

É preciso raspar a área com lâmina para fazer o laser

Sim, uma ou duas noites antes tira-se com lâmina de barbear e nunca com cera ou pinça.

Quem tem varizes ou cicatrizes pode realizar o procedimento

Como a penetração do laser é muito superficial não há problema nenhum.

O laser deixa a pele lisa e sedosa

Isso mesmo, a qualidade da pele na região melhora muito, pois parando com a agressão que é a depilação a pele melhora espontaneamente.

Não pode tomar sol

Esse é o principal fundamento para termos um resultado satisfatório. A luz do laser vai atrás da melanina do pelo, quando nos bronzeamos ativamos a melanina da pele, com isso a luz do laser ao invés ir atrás somente do pelo vai também para a pele podendo causar graves queimaduras.

Fonte:

Dr Jose Roberto Fraga Filho

Médico Dermatologista

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica

Médico Fundador e Diretor Clínico da Clínica Dermagynus desde 1992

CRM 65169

Instagram: @dermagynus

Voltar ao Topo