Febre Maculosa – A doença transmitida por animais domésticos

O que é febre maculosa?

A febre maculosa é transmitida através do agente proliferador carrapato-estrela, que é infectado pela bactéria Rickettsia rickettsii, para que o ser humano contraia a febre maculosa é necessário que o carrapato fique em contato com a pele humana por ao menos quatro horas.

Este carrapato pode ser encontrado desde em animais como bois e cavalos até o seu cão doméstico; entretanto o maior reservatório de carrapatos-estrela é a capivara.

Transmissão da febre maculosa

A transmissão da febre maculosa acontece exclusivamente através da picada do carrapato, não sendo transmitida de pessoa para pessoa, após o agente transmissor entrar em contato com a pele humana ele se alimenta do sangue e transmite a bactéria através da saliva; A picada desse carrapato não causa dor, se tornando assim difícil saber o local em que o mesmo está.

Após a transmissão através da saliva a bactéria poderá chegar até: cérebro, pulmões, fígado, coração, pâncreas e tudo digestivo, por isso é necessário ficar atento aos sintomas para que o tratamento seja iniciado e realizado o quanto antes afim de evitar futuros problemas e até mesmo a morte.

Febre maculosa sintomas

Após ser picado pelo carrapato-estrela os sintomas da febre podem aparecer entre dois a quatorze dias após a transmissão, a doença apresenta os seguintes sintomas:

  • Febre alta, acima de 39°C juntamente com calafrios;
  • Dor no corpo;
  • Dor de cabeça;
  • Inapetência;
  • Desânimo;
  • Conjuntivite;
  • Náuseas/vômitos;
  • Insônia;
  • Inchaço juntamente com vermelhidão nas mãos e pés;

Muitos dos sintomas da febre maculosa são difíceis de se identificar ou facilmente confundidos com outros tipos de doenças, por isso se você desconfia de que possa ter contraído a doença procure um médico o mais rápido possível.

médico analisando paciente com febre muculosa

Febre maculosa prevenção

Para evitar que você contraia a febre maculosa poderá seguir algumas recomendações e precauções:

  • A mata atlântica também é um local de fácil proliferação de carrapatos-estrela, então caso você entre em contato com florestas, rios e lagos não esqueça de examinar seu corpo a cada três horas pelos menos, tendo em vista que o carrapato irá transmitir a doença apenas após quatro horas do contato com sua pele;
  • Utilize roupas mais claras, as mesmas auxiliam no processo de identificar a presença de carrapatos;
  • Caso vá acampar, fazer trilhas, etc. Utilize tênis/botas de cano mais alto, uma tática é também inserir a barra das calças dentro das meias para que elas não acabem por se arrastar em diferentes locais durante o percurso;
  • Mantenha seus animais domésticos desinfectados e livres de pulgas e carrapatos;
  • Se possuir um quintal e jardim em sua residência mantenha-os sempre limpos e livres de qualquer agente bacteriano, para animais domésticos como cães por exemplo ele apenas irá contrair o carrapato-estrela caso entre em contato com o mesmo em alguma área afetada.

Febre maculosa tratamento

A febre maculosa possui cura desde que seu processo de tratamento se inicie até o 5° dia após o aparecimento dos sintomas, o tratamento é realizado com antibióticos como cloranfenicol ou tetraciclinas, sua identificação pode ser realizada com o auxílio de médicos infectologistas ou clínicos gerais.

Caso a febre não seja tratada, haverá grandes consequências como falha no sistema nervoso central e consequentemente o surgimento de encefalite, confusão mental, delírios e convulsões, caso os rins sejam afetados poderá causar a insuficiência renal, outro órgão que estará sujeito a complicações são os pulmões causando a pneumonia, diminuição da respiração e sendo necessário então a utilização de oxigênio, caso mesmo com todas essas consequências a febre maculosa não seja tratada as diversas lesões poderão o levar ao óbito.

Como vimos anteriormente a febre maculosa não possui sintomas explícitos e únicos, podendo ser facilmente confundida com outras doenças, desta forma é de extrema importância que você conte com os melhores planos de saúde afim de garantir a segurança de que nem você nem sua família estejam sofrendo com esta bactéria silenciosa.