Guia básico de sobrevivência para que vai sair de casa

Seu sonho é morar sozinho ou dividir um apartamento com alguns amigos ou com o seu amor? Pois é importante que você saiba que a liberdade vem junto com muita responsabilidade e não é incomum que quem sair de casa pela primeira vez se assuste ao perceber tudo o que isso quer dizer.

Para começar, você vai precisar de muitos itens básicos, que talvez nunca tenham sido notados numa casa onde eles já existem:

  • Geladeira,
  • Maquina de lavar roupa,
  • Fogão, cama,
  • Armários e mais uma lista enorme de móveis e utensílios domésticos.

Se você não tem nada disso, talvez seja uma boa ideia cogitar alugar um imóvel mobiliado num primeiro momento. Mas, mais importante do que as coisas que você vai precisar comprar, estão as coisas que você vai precisar fazer.

Elaboramos uma lista com quatro, daquelas atividades sobre as quais muita gente que saiu de casa desejava ter sido informada antes de tomar essa decisão. Na verdade a lista pode ser muito maior, mas esses conhecimentos básicos já vão te ajudar a resolver muitos perrengues.

Você vai precisar de noções básicas de cozinha

Você não precisa ser nenhum chef, mas é importante que saiba cozinhar pelo menos as coisas mais básicas, como um bom arroz com feijão. Viver de delivery ou comer só na rua não costuma ser muito saudável e ainda custa bem mais caro.

Aproveite o tempo que ainda está na casa dos seus pais para pegar algumas dicas básicas com eles. Além de aprender algumas receitas, observe todos os utensílios que uma cozinha precisa ter e faça uma lista.

Pode ser uma boa ideia fazer um chá de casa nova e pedir alguns itens de presente para os amigos quando se mudar.

Uma máquina de lavar faz toda a diferença

Se você ainda não pensou em como vai lavar as suas roupas, deveria.

Lavar tudo na lavanderia sai caro e, por isso, é bom separar uma verba no orçamento para comprar uma máquina de lavar automática, que faz quase todo o trabalho sozinha e vai te economizar horas na beira do tanque. Só não esqueça de tirar as roupas lá de dentro, quando a máquina terminar o serviço.

Mesmo assim, é importante que você tenha algumas noções básicas, por exemplo sobre quais roupas podem ser batidas na mesma lavagem e também sobre aquelas que não devem ir para a máquina. Se você nunca lavou sua própria roupa, aprenda a fazer isso antes de sair de casa, sério.

Saber se organizar financeiramente é fundamental

Ter um bom planejamento financeiro é muito importante, não só para a mudança, mas também para gerenciar as contas da casa no dia a dia.

Um erro muito comum dos iniciantes a ‘donos de casa’ é não calcular todas as contas e se desorganizar quando os boletos começam a chegar sem parar, pode ficar chato ter que ligar para a mamãe para pedir dinheiro…

Uma dica é ter uma planilha e colocar tudo lá:

  • contas de água,
  • luz e internet,
  • aluguel,
  • gás,
  • supermercado,
  • prestações de móveis e por aí vai.

Se você vai dividir as contas com alguém, é bom ter muito claro quem paga o que e não cair na besteira de deixar atrasar, pois as multas em contas básicas não são nada simpáticas.

Organização tem tudo a ver com qualidade de vida

Outro erro de iniciante é achar que ‘a regra é não ter regra’. Todo ambiente precisa do mínimo de organização para ser funcional e isso faz mais diferença na sua qualidade de vida do que você imagina, especialmente se não está acostumado a ajudar nas tarefas domésticas.

Aliás, se não sabe limpar a casa, é bom aprender antes de sair de casa. Se você vai dividir a nova casa, pensar em regras e combiná-las com as outras pessoas é ainda mais importante, porque a bagunça é uma das principais fontes de conflito nesses contextos.

Vale ter uma planilha com o dia de cada um limpar a casa, fazer compras, tirar o lixo e assim por diante. Parece chato, mas faz parte.