Home Office e os Riscos da Trombose

Médico Vascular Gustavo Marcatto explica porque o trabalho em casa pode gerar o problema e dá dicas de prevenção

Há pouco mais de um ano grande parte dos trabalhadores viu sua rotina com a jornada de trabalho mudar totalmente devido à pandemia da Covid-19.

De um dia para o outro fomos obrigados a passar todo tempo possível em casa e o lar acabou virando local de trabalho, nosso escritório. E precisamos nos adaptar rapidamente a essa nova realidade.

Além da disciplina e concentração nem sempre fáceis no chamado home office, o fato de fazermos menos movimentos e passarmos longos períodos sentamos pode refletir, e muito, na saúde do nosso corpo.

Com a mudança da rotina de trabalho dos brasileiros temos observado, sim, aumento nos riscos do desenvolvimento da trombose. E por que isso acontece? Quando estamos em home office a tendência é permanecer longos períodos sentados, o que não é nada saudável para o sistema circulatório,

explica o médico vascular, Dr. Gustavo Marcatto.

Antes da pandemia, quando todos saíamos de casa para exercer nossas atividades no escritório, na fábrica ou empresa, nos movimentávamos mais.

Primeiro com o deslocamento do lar para o trabalho; depois com as atividades e rotinas diárias dentro da empresa, saídas para almoço ou um café e a volta para a casa ao final do expediente.

“Em casa passamos muito tempo parados, sentados. E aí está o problema já que a circulação de retorno sofre para acontecer e, com isso, os riscos de um quadro de trombose são elevados”, alerta o especialista.

Médico Vascular - Dr. Gustavo Marcatto
(Dr. Gustavo Marcatto/Divulgação)

Ainda segundo Dr. Gustavo outro ponto importante é que no home office as pessoas acabam ingerindo menos água do que seria o ideal. “Então, esses dois pontos (falta de movimento e menor quantidade de água ingerida) é um prato cheio para o desenvolvimento da trombose”.

Como evitar o problema circulatório no Home Office?

Para evitar desenvolver esse grave problema circulatório, batam algumas medidas e simples mudanças de hábito enquanto estiver trabalhando em casa. A primeira coisa, segundo o vascular, é sempre se movimentar durante a jornada de trabalho.

O ideal é programar o despertador do celular, de preferência a cada duas horas, para levantar, caminhar pelo ambiente, fazer algum tipo de movimento, e só então sentar novamente.

Outra dica importante do doutor Gustavo, e que serve para o bom funcionamento de todo o organismo, é sobre o consumo de água. “É essencial que a pessoa aumente a quantidade de água ingerida durante o dia. O recomendável é no mínimo 2,5 litros diariamente”, ressalta o profissional.

Por último também é necessário utilizar um suporte para apoiar os pés enquanto estiver sentado. “De vez em quando levante os pés do suporte e balance as pernas, alongue, faça exercícios que movimentem os membros inferiores, ajudando assim a circulação de retorno acontecer”.

O médico vascular pontua que a trombose pelo trabalho em home office sem cuidados podem ser acontecer, mas tem maneiras de se prevenir e evitar o quadro.

Vale lembrar que quem tem risco adicional, quadro de hereditariedade ou já teve trombose, deve procurar o médico para fazer sempre um acompanhamento.

Alerta o médico.