ansiedade causada pela omicron
Comportamento

Omicron’s Anxiety: Conheça a ansiedade causada pela nova variante da Covid-19

A Omicron’s Anxiety, no português Ansiedade Ômicron, já é uma realidade. A variante da Ansiedade Especificamente Pandêmica, que acompanha a mutação viral, já pode ser observada no vocabulário norte-americano médico-científico.

Para o especialista em saúde mental e ansiedade, Alexander Bez, a presença de diversas variantes da ansiedade é inédito, “há 27 anos na área, nunca havia antes presenciado tantas variantes da doença, nem mesmo na literatura!”.

Mas, de acordo com Bez, a Ansiedade Ômicron é bem mais cruel que os outros tipos, pois traz a evidência de que o caminho para o fim da pandemia, não está tão perto assim.

A nível inconsciente, esse tipo de ansiedade acarreta mais pânico devido a carga emocional que nosso cérebro acolhe de tudo que já vivemos na pandemia, essa carga extra de preocupação se dá principalmente pela volta das incertezas, diferente da manifestação da Ansiedade Especificamente Pandêmica!”, 

explica ele. 

Segundo o psicólogo, essa volta de incertezas, provocadas pelo aparecimento da variante da Covid-19, Ômicron, descarrega uma dose de Depressão, Transtornos Depressivos, Transtornos Ansiosos, Síndrome do Pânico Pandêmica, além de aumentar a taxa de suicídio, pelo desespero e falta de solução desse novo quadro.

Leia Também: Transtorno De Compulsão Alimentar Pós Pandemia

“O princípio ativo psicológico da variante Ômicron é caracterizado pela ‘alta potência de transmissão’, o que aumenta a preocupação, como também nos deixa emocionalmente mais vulneráveis.

Ainda mais profundamente, a Ômicron é um gatilho para aquelas pessoas que já estavam no limite de suas esferas psicológicas e o gatilho pandêmico pode gerar um colapso mental”, ressalta o Dr. Alexander.

A Ômicron, além de todo risco físico, é um “ponto de pânico psicológico”, por isso causa a Ansiedade Ômicron, “pelo medo iminente de morrer! Uma vez que a Síndrome do Pânico tem as suas bases de origem em primeiro lugar na ansiedade psicológica, e em segundo lugar por eventos associados ao medo de morrer”, declara Bez.

Mantendo todos os cuidados já conhecidos, o risco de aparecimento da Ansiedade Ômicron pode diminuir bastante, Alexander Bez, que é especialista em Ansiedade e Síndrome do Pânico pela Universidade da Califórnia (UCLA), citou as 8 dicas que podem ajudar:

  1. Manter a vacinação atualizada;
  2. Continuar as medidas sanitárias de proteção;
  3. Em eventos, evite as aglomerações;
  4. Mantenha a imunidade alta;
  5. Despreze o “negacionismo científico”;
  6. Ao adentrar em casa, limpe antes os sapatos, e as roupas;
  7. Continue a higienização de todos os produtos que entram na sua casa;
  8. Seja esperto, consciente e inteligente — a pandemia não acabou. Todo cuidado é estritamente necessário.