Os benefícios da atividade lúdica para o aprendizado

Jogos e brincadeiras podem contribuir para uma geração financeiramente mais inteligente

Os benefícios das atividades lúdicas educacionais são inúmeros, desde a melhora na concentração, dado que tem um ponto de ancoragem e foco cerebral, incluindo a melhora no relacionamento comunitário com o uso de jogos e competições, e até o didático em si, trazendo o canal de comunicação cinestésico e visual de forma muito intensa nesses produtos lúdicos.

Segundo grandes pesquisadores na área educacional, como Jean Piaget, o jogo é uma das principais formas de aprendizagem. Sabemos que qualquer novo assunto precisa de um ponto de apoio para a construção das ideias, sendo assim, é fundamental ter algo concreto para servir como base de apoio.

Por isso que é muito importante que, a cada novo conceito, o educador mostre uma forma de ilustrar no concreto. O conhecimento se forma nesses momentos menos abstratos e depois de ter se formado, o próprio aluno desenvolve a capacidade de abstração.

Utilizar recursos lúdicos é o que a MMP Materiais Pedagógicos mais gosta de fazer, esse é o propósito dos produtos. “O Material Dourado (Base 10) criado pela Maria Montessori é um dos mais buscados pelos educadores. Com esse material o aluno visualiza os agrupamentos, consegue entender com mais clareza o que acontece nas contas, e também é possível explorar as quatro operações básicas, estudar números decimais, volume, etc. Ele é bem didático”, explica Cesar Guimaraes, diretor da MMP.

Imagem: MMP Materiais Pedagógicos

A MMP tem 25 anos de alta performance em matemática e apostam nas atividades lúdicas para uma geração financeira mais inteligente. “A educação financeira não está apenas em fazer contas com dinheiro, mas também na capacidade de planejar e se desenvolver. Nós temos um kit de matemática financeira que ilustra essas ideias, para que o aluno possa se familiarizar com os conceitos de compra, troco, parcelas, entre outras coisas que fazem parte do nosso dia a dia”, conta Cesar.

Além disso, a habilidade de concentração e a possibilidade de discussão entre os colegas também são estimuladas com as atividades lúdicas.

Concentração porque o cérebro encontra um ponto focal físico e a discussão porque ao resolver uma questão o aluno compartilha com os colegas, que podem ter resolvido a mesma questão de uma forma diferente, enriquecendo ainda mais o aprendizado.

Para finalizar, Cesar destaca que o desenvolvimento didático é incrível, mas não para por aí, o relacionamento com outros alunos, capacidade de resistência a frustração, relação de ganhar ou perder em um jogo, capacidade de comunicação em compartilhar um material ou discutir um resultado, todas essas ações ajudam no desenvolvimento completo do ser humano que está amadurecendo.

Fonte: Cesar Guimaraes, diretor da MMP
MMP Materiais Pedagógicos
Instagram: @mmp.materiaispedagogicos