Planejamento de Viagem: 11 Etapas Fáceis Para Você Seguir

Planejamento de Viagem: 11 Etapas Fáceis Para Você Seguir

Fazer um bom planejamento de viagem (e com antecedência) é a escolha certa para quem quer desfrutar ao máximo um determinado destino.

Porém, para muitas pessoas (ainda mais para quem vai fazer a primeira viagem), essa pode ser uma tarefa chata, trabalhosa ou até mesmo difícil.

Por isso, para te ajudar e mostrar que o planejamento de viagem não é nenhum “bicho de sete cabeças”, nós separamos abaixo 11 etapas simples e fáceis para que você possa seguir e planejar a sua viagem. Veja!

11 etapas essenciais para fazer o seu planejamento de viagem

Etapa 1: decida para onde você deseja ir

Primeiro de tudo, para onde você quer ir em sua viagem? É para um destino nacional ou internacional?

Faça uma boa pesquisa na internet, acesse blogs, veja vídeos no YouTube, etc. e escolha um destino que esteja de acordo com seus gostos, objetivos e preferências.

Quanto mais específica e focada for a sua decisão, mais fácil será realizar o planejamento de viagem.

Etapa 2: decida a duração da viagem

Fazer uma viagem, principalmente para fora do país, não é algo barato. E, quanto mais tempo você ficar fora, mais gastos terá.

Portanto, a segunda etapa que você deve considerar em seu planejamento de viagem é decidir quantos dias ou semanas você ficará no destino.

Você precisa escolher uma duração que permita você aproveitar o destino e que não extrapole o orçamento que você tem disponível.

Então, juntando a primeira e segunda etapa, decida: “vou para o destino X e ficarei lá durante X dias ou X semanas”, assim você torna o planejamento de viagem muito mais concreto e alcançável.

Etapa 3: você vai viajar sozinho ou acompanhado?

Tanto viajar sozinho quanto viajar acompanhando são ótimas opções. Porém, cada uma delas possui certas características, vantagens e desvantagens.

Por isso, ao fazer o seu planejamento, defina se você irá sozinho ou com mais alguém.

Isso porque, cada tipo de viagem exige um certo tipo de planejamento. Sozinho você tem mais liberdade e independência, acompanhando, você tem mais alguém para cuidar, planejar e compartilhar momentos.

Avalie o que é melhor para você. Não existe certo ou errado neste aspecto.

Etapa 4: pesquise seus custos

Fazer uma viagem internacional, como dissemos mais acima, não costuma ser algo barato. Porém, mesmo que você faça uma viagem nacional, você terá certos gastos para lidar.

Por isso, em seu planejamento, faça uma boa pesquisa em relação aos custos que você terá com a viagem. 

Quanto mais completa e detalhada for a sua pesquisa, mais claro ficará para você qual a quantia que você precisará desembolsar.

A dica aqui é ir anotando tudo em uma planilha ou em um papel, assim fica mais fácil de se organizar e de visualizar todos os valores.

E, caso você veja que o custo está acima do que você pode pagar, reveja a duração da sua viagem (se dá para diminuí-la em um ou mais dias) ou comece a economizar – o que nos leva diretamente para a próxima etapa.

Etapa 5: organize-se financeiramente

Fazer uma viagem, seja no Brasil ou para o exterior, é para ser algo divertido, relaxante e proveitoso, e não algo que vai acabar com seu dinheiro ou te deixar com dívidas.

Por isso, antes de fazer qualquer compra ou reserva referente a sua viagem, organize-se financeiramente.

Avalie quanto você tem agora, quanto você precisa para viajar e o que você pode fazer para economizar e juntar mais dinheiro.

Com alguns cortes nas despesas e mudanças em seus hábitos de consumo, você já pode conseguir uma boa economia e tornar a sua viagem muito mais próxima da realidade.

Ah! E uma dica caso você pretenda viajar para outro país: você precisará de uma moeda estrangeira (dólar, euro, libra, peso ou outra). Então, não deixe de considerá-la em seu planejamento financeiro também, ok?

Etapa 6: contrate um seguro viagem

Embora muitas pessoas pensem: “estou bem, estou saudável, não preciso de seguro viagem, não vou ficar doente.”, o seguro é um item de suma importância para uma viagem e possui muitas outras coberturas além de proteção médica. 

Portanto, antes de fazer uma viagem, principalmente para fora do país, contrate um bom seguro e que tenha coberturas que você considere necessárias.

É melhor prevenir do que remediar, afinal, infelizmente, coisas ruins podem acontecer quando você estiver viajando e, além de dar uma grande dor de cabeça, elas podem gerar um enorme prejuízo financeiro, caso você não tenha um seguro.

Etapa 7: certifique-se de ter toda a documentação necessária

Fazer uma viagem de carro ou de ônibus/avião para destinos nacionais, não é algo tão trabalhoso em relação ao quesito documentação.

Contudo, ao viajar para o exterior, você precisa de um passaporte válido, talvez um visto… então, ao fazer o seu planejamento de viagem, certifique-se de ter toda a documentação necessária.

Etapa 8: compre as passagens

A menos que você faça uma viagem de carro, você precisará comprar as passagens para poder viajar.

Sendo assim, com antecedência (cerca de três, quatro meses), vá acompanhando os preços das passagens na internet e compre-as quando considerá-las atrativas.

E para tornar esse acompanhamento mais eficiente e fácil, utilize sites como Skyscanner, Decolar, Kayak, 123milhas, Google Voos, entre outros. 

Assim, você terá mais chances de pagar um bom preço pelas passagens.

Etapa 9: reserve uma acomodação

Atualmente, existem diversos tipos de acomodação para você escolher, desde as mais tradicionais e conhecidas, como hotéis, resorts e pousadas, até opções mais atuais e diferentes, como o Airbnb e o couchsurfing.

Portanto, durante o seu planejamento de viagem, avalie as opções de hospedagem disponíveis e escolha aquela que caiba no seu bolso e que esteja de acordo com seu perfil.

Algumas dicas para esta etapa são: verificar a localização da acomodação, avaliar os comentários e opiniões de pessoas na internet que já se hospedaram no local e verificar se há algum item extra/vantajoso oferecido, como café da manhã incluso.

Etapa 10: planeje suas atividades (roteiro)

Para tornar a sua viagem muito mais proveitosa e organizada, é de suma importância que você planeje suas atividades, isto é, que você monte um roteiro para saber o que fazer quando estiver no destino.

Então, para ter certeza que você conseguirá aproveitar ao máximo o destino escolhido, faça uma boa pesquisa na internet, veja quais atrações, passeios e pontos turísticos são imperdíveis, e coloque-os em seu roteiro.

A dica para esta etapa é definir as atividades em duas categorias: principais e secundárias.

Assim, você dá prioridade para as atividades principais, para aquelas que você mais quer desfrutar. E pode colocar em seu roteiro também aquelas que são secundárias, que, se der, você aproveita, mas se não der, tudo bem, afinal, faz parte.

Em diversos destinos, nacionais e internacionais, há muita coisa para fazer e conhecer e, dependendo da duração da sua viagem, pode não ser possível dar conta de tudo. Portanto, seja estratégico ao montar o roteiro, ok?

Ah! E dependendo da atração ou do passeio que você deseja fazer, talvez seja necessário comprar um bilhete ou um ingresso, então verifique isso também para não ser surpreendido depois.

Etapa 11: faça as malas

Para diversos viajantes, esta etapa pode ser complicada. Isso porque, é comum o fato de muita gente exagerar na hora de fazer as malas e, assim, levar coisas além do necessário.

Por isso, quando for montar a sua bagagem, olhe na internet como estará o clima do destino para você poder fazer suas escolhas. 

Se estiver muito calor, leve peças, roupas e acessórios que façam sentido para esse clima, como bermudas, shorts, regatas, óculos de sol, bonés, etc. E se estiver muito frio… bom, você entendeu, certo?

Além disso, independente do clima, leve na bagagem um kit de remédios básicos, adaptadores de tomada e carregadores de celular, notebook, câmera, etc.

Etapa 12 (bônus): reserve uma vaga em um estacionamento (para viagens internacionais)

Por fim, separamos uma etapa bônus, caso a sua viagem seja para um destino no exterior.

Se você for viajar de avião e pretende ir com o seu carro até o aeroporto no dia da viagem, é importante que, com uma certa antecedência, você reserve uma vaga em um estacionamento para deixá-lo!

Então, por exemplo, se você mora em São Paulo, pesquise na internet por um estacionamento no aeroporto de Guarulhos e, após avaliar as opções disponíveis, reserve uma vaga para o seu veículo.

E essas são as principais etapas para você fazer um planejamento de viagem! Esperamos que as dicas e informações apresentadas tenham sido úteis para você.

Até a próxima!

Voltar ao Topo