“Produza como uma mulher”: evento online reúne profissionais para debater a perspectiva do mercado de produção de eventos

As inscrições para o evento são gratuitas e já estão abertas. A programação começa no dia 30/8 e será transmitida no canal do Youtube do coletivo “Mulheres na Produção”.Turismo, Gastronomia e Carnaval são alguns dos temas abordados durante os 4 dias de evento, painéis serão mediados por produtoras de BH.

Estão abertas as inscrições para a 1ª edição do evento online “Produza como uma mulher” promovido pelo projeto Mulheres na Produção, que será realizado entre os dias 30/8 a 2/9, sempre a partir das 19h. O objetivo é conectar, capacitar e dar visibilidade, além de promover o networking entre as produtoras de eventos, mulheres que estão cotidianamente nos bastidores das atividades das produções.

Os quatro dias de programação serão mediados por profissionais de renome da cena da produção belo-horizontina e abordarão temas como: gastronomia, turismo, diversidade, carnaval e perspectivas para o mercado de eventos para o pós-pandemia. As inscrições já estão abertas na plataforma Sympla e são gratuitas. Mulheres de todo o país com atuação ou interesse neste setor podem participar. O evento é patrocinado pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Belotur.

De acordo com a coordenadora do evento e produtora, Fernanda Batista, o evento “Produza como uma mulher” surgiu como uma alternativa para o calendário de atividades já programado para o último ano e que precisou ser adaptado ao formato virtual devido à pandemia.

O intuito deste encontro é fazer com que essas profissionais reciclem seus conhecimentos e se sintam motivadas a entregar, para seus clientes e público, eventos cada vez mais surpreendentes. As participantes podem esperar quatro dias de muito conteúdo e oportunidades para criar conexões e compartilhar experiências entre essas mulheres que exercem diferentes papéis nos bastidores, seja criando, planejando ou executando eventos nos mais diversos segmentos

explica.

Representatividade e experiência: programação terá painéis comandados por mulheres da cena da produção belo-horizontina

A programação iniciará na segunda-feira, dia 30/8, às 19h, com o tema: “E agora Carnaval?”. A mediadora será a produtora cultural, pesquisadora de gênero e jornalista, Juhlia Santos e contará com a presença das gestoras culturais Gigi Favacho e Renata Chamilet. Já no segundo dia, 31/8 (terça-feira), às 19h, o painel abordará o tema “Futuros Desejáveis: o que esperar daqui pra frente?”, com mediação da produtora Érika Ziller e as produtoras convidadas Isaura Paulino, Ana Biavaschi e Nanda Miranda.

No terceiro dia da programação 1º/9 (quarta-feira), as produtoras tratarão sobre os eventos ligados à gastronomia: “Como produzir eventos gastronômicos com criatividade e segurança?” será o tema. A mediação ficará por conta da Sulamita Theodoro, com participação de Ananda Fernandes e Danusa Carvalho. E no último painel, dia 2/9 (quinta-feira), às 19h, o centro dos debates será o turismo. O tema “Conexão Eventos & Turismo – Elos Possíveis” terá mediação da produtora Fernanda Batista e da produtora convidada Mauren Castro, além da participação das guias de turismo Ana Torres e Mayara Tavares.

Representatividade feminina no mercado de eventos é a máxima do projeto Mulheres na Produção.

O coletivo “Mulheres na Produção” foi criado em 2018, pela produtora Fernanda Batista, em Belo Horizonte, mas tem alcance nacional. Profissionais de eventos de todo o país fazem parte dessa rede colaborativa feminina e acessam o conteúdo gerado por todas as integrantes. Além de ações de conexão e capacitação para mulheres que atuam com produção de eventos, o coletivo realiza diversas atividades como troca de experiências, indicações de fornecedores e oportunidade de vagas e geração de renda para as participantes.

Serviço:

  • Evento: Produza Como Uma Mulher
  • Datas: 30 e 31/08, 01 e 02/09
  • Horário: 19h às 21h30
  • Local: 100% online, transmissão via Youtube
  • Inscrições Gratuitas em: https://www.sympla.com.br/mulheresnaproducao
  • Saiba mais em: www.mulheresnaproducao.com.br