Progressiva com formol x progressiva sem formol: Principais diferenças

Hoje em dia, encontramos muitas opções de progressivas e tratamentos para o alisamento dos cabelos no mercado. São tantas opções que chega até ser difícil escolher e usar em nossos cabelos, ainda mais quando se trata de uma grande dúvida entre as mulheres que é entre optar pela progressiva com formol ou a progressiva sem formol.

Mas você sabe o que é escova progressiva? Elas nada mais são do que um procedimento bem famoso que alisa os cabelos, além de reduzirem o frizz. Um tratamento feito à base de creme ajuda na solução dos problemas nos cabelos, como fios ressecados, sem forma, indisciplinados e pontas duplas. Você encontra até opções mais específicas, como a progressiva de chuveiro.

O que é formol?

Também conhecido como formaldeído, ele é um composto químico orgânico que pertence ao grupo dos aldeídos. Sua fórmula molecular é a CH20. Antigamente, todas as escovas progressivas eram feitas com formol, mas a Anvisa determinou que esses produtos usados para esse tipo específico de tratamento não poderiam ter mais de 0,2% de química em sua composição.

Diferença entre progressiva com formol e sem formol

Já começamos pela diferença mais óbvia, uma conta com concentração de formol e a outra escova progressiva não.

Por isso, para saber qual das duas você deve utilizar, basta saber, junto com um profissional especialista que irá lhe atender, qual é a que o seu cabelo precisa. Isso porque cada pessoa conta com um tipo de fio e é muito importante que o cabeleireiro avalie a situação especificamente, já que existem cabelos que podem ou não levar coloração, podem apresentar descamação do couro e até queda, ou seja, muitos aspectos.

Então, só o profissional será capaz de lhe falar qual o melhor tipo de escova para cada tipo de cabelo.

A escova progressiva sem formol alisa menos do que as que contam com formol em sua composição, mas é uma opção ótima para aquelas mulheres que querem alisar o cabelo de maneira natural e com uma segurança maior para a sua saúde. Essa escova elimina o friz, reduz consideravelmente o volume e ainda não causa nenhum tipo de dano já citado acima.

Quais são as suas contraindicações

A escova progressiva é bastante indicada para aquelas mulheres que têm cabelos volumosos, ondulados, crespos e que desejam manter um cabelo com aparência de alisado, mas tome cuidado porque não são todos os tipos de cabelo que aguentam essa técnica, isso porque alguns são mais porosos, podendo ser danificados pelo processo.

Pessoas que contam com couro cabeludo mais sensível e cabelos muito oleosos são aquelas que devem tomar mais cuidado com o procedimento. Cabelos virgens também devem evitar, isso porque os seus efeitos não são tão efetivos como em outros tipos de cabelo.

Crianças também não devem fazer escova progressiva ou qualquer outro tipo de tratamento químico no cabelo. Isso ainda está escrito no ECA (Estatuto da Criança e Adolescente).

É recomendado que grávidas também evitem esse tipo de procedimento de alisamento do cabelo, pois sua química pode afetar a saúde do bebê e delas próprias. As progressivas sem formol já não são tão agressivas.

Leia também: Como manter o cabelo saudável sem ir ao salão

Viu como é importante entender como funcionam e quais são as diferenças de progressivas com o sem formol? Fará bem para a estética e saúde de seus cabelos.