5 Reparos Domésticos Para Manter a Casa Bonita e Conservada

De tempos em tempos, é de suma importância que você faça alguns reparos domésticos onde você mora. Isso porque, certas coisas estragam, se desgastam e começam a apresentar problemas.

E claro, você não vai querer morar em um lar onde tem, por exemplo, torneiras vazando, infiltrações, mofo, entre outros problemas, certo?

Sendo assim, no artigo de hoje nós separamos para você os principais reparos domésticos que você pode fazer, para manter a sua casa agradável, bonita, segura e conservada. Veja!

Homem com tinta e pincel - decoração
Imagem: Burst – Casa e decoração

Casa bonita e conservada: 5 reparos domésticos para você fazer

1. Pintura

Para renovar o astral de um ambiente, deixá-lo mais bonito, agradável e até mesmo com um aspecto limpo, bem cuidado, o primeiro reparo doméstico que você pode fazer é pintar cômodos e paredes.

Agora, é importante ressaltar que não basta comprar uma lata de tinta e passá-la onde você quer. Antes, há todo um preparo necessário. 

Por exemplo, antes de começar a pintar, você precisará retirar móveis, objetos e itens do ambiente. Ou, pelo menos, cobri-los.

Além disso, você precisará de rolos, pincéis e uma bandeja de pintura, e jornais velhos, papelão ou uma lona, por exemplo, para colocar no chão, de modo a não cair/respingar tinta nele.

Esses são cuidados básicos que você precisa ter para poder pintar. Porém, não para por aí.

Isso porque, você também precisará tapar buracos com massa corrida (caso a parede possua, claro), remover pregos, utilizar uma fita crepe em rodapés, lixar as paredes e limpar tudo muito bem para, depois, começar a pintar.

Se for fazer o serviço, que seja bem feito, não é verdade?

2. Lâmpadas

De todos os reparos domésticos presentes neste artigo, este aqui é o que costuma ser o mais fácil. Isso porque, para trocar lâmpadas queimadas, não tem muito segredo.

O que você deve fazer, basicamente, é: 

  • Desligar os disjuntores (para não correr risco de levar um choque);
  • Pegar uma escada ou uma cadeira (caso a lâmpada fique em lugar alto);
  • Não ficar exatamente abaixo da lâmpada, pois ao mexer nela, pode haver poeira e algum pequeno inseto (que podem cair em você);
  • Desrosquear, com cuidado, a lâmpada queimada em sentido anti-horário;
  • Pegar a lâmpada nova e rosqueá-la, também com cuidado, só que agora em sentido horário;
  • E, por fim, ligar os disjuntores e verificar se a lâmpada está funcionando.

Em menos de cinco minutos você consegue fazer esse reparo.

Além disso, se uma lâmpada de uma luminária de mesa ou de um abajur queimar, por exemplo, o passo a passo é praticamente o mesmo. Os únicos pontos é que você:

  • Não precisará desligar os disjuntores (basta desligar o dispositivo da tomada);
  • E não precisará pegar uma cadeira ou uma escada para subir.

3. Desentupimentos

Um problema bastante inconveniente e que pode afetar uma casa negativamente, são os entupimentos, afinal, eles causam obstruções em ralos, pias e vasos sanitários e, em certos casos, geram um mau cheiro, um odor desagradável ao ambiente.

Por isso, é de suma importância tomar alguns cuidados para evitá-los, assim como agir para resolvê-los.

Para evitar um entupimento, você e quem mais morar com você, precisam descartar itens, objetivos, embalagens, restos de comida, detritos, etc., em lugares certos. Não joguem tudo pelo ralo da pia ou pelo vaso sanitário.

E para resolver esse problema, caso aconteça, existem diversos caminhos a seguir. Por exemplo, você pode:

  • Utilizar um desentupidor, bombeando-o de três a cinco vezes;
  • Jogar água quente no local;
  • Utilizar produtos específicos vendidos no mercado;
  • Misturar bicarbonato de sódio e água fervente, e despejar a solução no ralo ou no vaso;
  • Ou também, retirar o sifão, no caso de pias, para fazer uma limpeza.

Agora, se nenhuma dessas opções funcionar, o indicado é buscar uma ajuda profissional, como a de um encanador, de um marido de aluguel ou de uma desentupidora 24 horas.

4. Torneiras

Neste quarto reparo, há duas situações que você pode “colocar a mão na massa”: a primeira delas é para instalar uma torneira nova, e a segunda é para resolver problemas de vazamentos.

No primeiro caso, com o registro fechado, solte o bujão de saída de água (peça pequena e quadrada) e se sair água, aguarde um pouco até terminar. Depois, pegue a torneira nova, utilize uma fita veda rosca nela e rosqueie-a até ficar bem presa. Feito isso, abra o registro e teste a nova torneira.

Já no segundo caso, envolvendo vazamentos, você precisará de alguns materiais como: alicate, chave de fenda e chave inglesa.

Feche o registro, solte a tampa superior da torneira com o alicate e tire o parafuso interno com uma chave de fenda. Depois, solte a parte superior da torneira utilizando a chave inglesa para retirar o pino central e trocar o vedante (courinho), e encerre montando a torneira novamente.

5. Nichos, quadros e prateleiras

Por fim, encerrando as nossas cinco dicas de reparos domésticos, temos a instalação de nichos, quadros e/ou prateleiras.

Aqui, nesse caso, é importante considerar três pontos:

  • O tamanho do quadro, nicho ou prateleira;
  • O peso do quadro, nicho ou prateleira;
  • E o local onde esses itens serão instalados.

Isso porque, dependendo do tamanho e do peso, você pode instalá-los apenas utilizando pregos e um martelo, ou talvez você necessite de parafusos e buchas para deixá-los mais bem fixados.

Além disso, avalie o local onde o quadro, o nicho ou a prateleira será instalada, pois dependendo de onde você furar, você pode acabar acertando um cano – o que vai gerar uma dor de cabeça desnecessária para você.

Portanto, tenha atenção a esses três pontos e, assim, você conseguirá instalar, sem grandes problemas, o que quiser nas paredes da sua casa!

Compartilhe nas redes sociais :)