Você costuma se comparar com outras Mulheres?

Fotógrafas compartilham dicas incríveis para se achar mais bonita e fazer as pazes com sua autoestima

Se amar não é tarefa fácil para muitas mulheres. Olhar para o espelho ou se ver nas fotos e conseguir se admirar é um baita desafio.

Crescemos vendo imagens de mulheres “perfeitas”, imagens manipuladas, sempre um mesmo padrão. Hoje, são os filtros das redes sociais que escondem as “imperfeiçoes”.

Segundo a Mariana e Michelle Moll, fotógrafas e sócias da Naked Fotografia, essa perfeição que nos venderam não existe, esse padrão é inalcançável. 

Não importa o quanto você se dedique, nunca vai chegar lá. Pois cada um é único! E é isso que vai te deixando frustrada e joga sua autoestima e confiança lá para baixo.

“Felizmente, é possível ir contra essa maré e construir uma relação mais respeitosa com o próprio corpo. O processo é longo, diário e contínuo, mas com pequenas mudanças de hábitos é possível passar a gostar mais de você mesma”, completa Michelle Moll.

Veja 3 dicas para começar a “virar a chave”:

1. Pare de se comparar com outras mulheres

Isso é fruto da rivalidade feminina e só serve pra te fazer mal. Que tal começar fazendo uma limpa nas redes sociais? Deixe de seguir quem te faz mal.

Comece a reparar na diversidade de corpos, de belezas que existem.

E lembre-se: a beleza de uma outra mulher não anula a SUA!

Não se cobre, ok?

2. Movimente-se!   

A prática de atividades físicas é muito importante para você se sentir bem não só fisicamente, mas também mentalmente.

Quando a gente se movimenta, nosso corpo produz endorfina, melhorando o humor e promovendo a sensação de bem-estar.

Não importa a atividade: aulas de dança, ioga, uma caminhada no parque, na praia, academia…

Comece, seja constante e veja os benefícios…

3. Faça um ensaio sensual

Siiim…

Essa experiência é transformadora.

O ensaio fotográfico proporciona a chance de olhar para si sob uma nova ótica.

Determinados ângulos e detalhes mostram como há beleza em cada parte do seu corpo.

Essa nova perspectiva é um convite para voltar a se amar.

Fonte:
Michelle Moll e Mariana Moll
@nakedfotografia

Compartilhe nas redes sociais :)